Um Caminho de Santiago

Amor não se agradece
6 de fevereiro de 2015
Uma nova peregrina
22 de fevereiro de 2015
Exibir tudo

Um Caminho de Santiago

‘No ano de 813 da era cristã, um pastor chamado Pelayo da até então remota Gallaecia, região oeste da atual Espanha crê avistar a luz de estrelas indicando um túmulo no monte Libradón.

A notícia chega a Teodomiro, bispo de Iria Flavia, que ordena imediatamente buscas pelo monte.

Durante os trabalhos é encontrada uma arca de bronze, Teodomiro, por revelação divina anuncia que os restos alí encontrados pertencem ao apóstolo Santiago, filho de Zebedeo, decapitado em Jerusalém no ano 42 por ordens de Heródes Agripa.

A Europa católica peregrina ao oeste em visita ao sepulcro. Reis, rainhas e súditos. Ergue-se a cidade de Santiago de Compostela, um dos maiores senão o maior centro religioso e político do mundo ocidental.

Este é o relato desta jornada.”

Trecho retirado do início do documentário

Este documentário foi premiado no Art&Tur da Europa como melhor documentário sobre o Caminho de Santiago no ano de 2010, concorrendo com 34 filmes do mundo todo! É um filme muito comentado e que ajuda muitos peregrinos a tomarem a decisão de trilharem a rota espanhola.

Sinopse:
O filme é um relato da jornada a Compostela pelo caminho francês e procura servir de registro com entusiasmo do assunto, sendo a primeira longa metragem independente sobre o assunto.

Realizador: Guilherme Basile Sikora
Produtor: Denise Naomi Hayashi
Copyright: MundoFilmes e Associação
País: Spain
Ano: 2010
Duração: 81’35”

Para adquirir o documentário: www.umcaminhodesantiago.com.br

Veja também

Onze Dias
Onze Dias
Onze Dias pelo Caminho do Sol. 241 quilômetros entre Santana do Parnaíba e Águas de São Pedro, no interior de São Paulo. A viagem de três amigos pelo Caminho do Sol deu origem a uma plataforma multimídia estruturada inicialmente na internet, com site e redes sociais, que contará com a publicação de um livro detalhando a peregrinação e servindo de inspiração e guia para pessoas que pretendam percorrer o Caminho do Sol.

1 Comentário

  1. Obrigado…Grande artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *