Apresento abaixo algumas observações que julgo pertinentes à manutenção da saúde para aqueles que pretendem se preparar visando percorrer o Caminho de Santiago. A caminhada é uma atividade física bastante segura e adequada para a maioria das pessoas. Mesmo aquelas que apresentam algum problema de ordem médica, podem praticá-la desde que haja acompanhamento médico ou de algum profissional da área de saúde.

Essa é uma atividade simples, mas existem alguns cuidados que devem ser tomados para que seja eficaz e traga benefícios reais para quem pratica. A primeira coisa que deve ser observada é a sua frequência de realização de, no mínimo, três vezes por semana. A prática regular da caminhada é muito importante para que os objetivos em relação à capacidade cardiorrespiratória e para aumentar o gasto calórico sejam alcançados. Mas atenção !!!! A progressão da intensidade e da distância deve ser lenta para evitarmos sobrecarga.

Cuidados durante a Caminhada:

  1. Respeitar níveis de aptidão física individuais.
  1. Realizar alongamento antes e após a atividade, pois previne lesões, deixam músculos mais flexíveis e aliviam tensões musculares.
  1. Escolher local apropriado. O terreno deve ser regular. preferir grama ou terra.
  1. Escolher um calçado macio, flexível, com amortecedores de choque e justo o suficiente.
  1. Usar roupas leves, jamais roupas de plástico.
  1. A hidratação é indispensável, devemos beber água ou isotônicos, antes, durante e depois dos exercício.
  1. Ao exercitar devemos esquecer da respiração, ela será controlada automaticamente. Devemos apenas observá-la quando se torna ofegante, pois isto é um indicativo de que o esforço físico ultrapassou seu limite.
  1. Dor no peito é indicativo de diminuição da passagem de sangue nas coronárias. Deve interromper a atividade física e procurar um médico.
  1. Dor no lado esquerdo do corpo, na região do baço, ocorre quando há diminuição da quantidade de oxigênio no diafragma. Não há necessidade de interromper a atividade, apenas diminuir o ritmo.

A cãibra é uma contração muscular intensa, involuntária e dolorosa que pode ter como causas mais comuns: perda excessiva de água ou acúmulo de ácido lático em atividade muito intensa. Devemos realizar alongamento do músculo envolvido e colocar compressas de água quente.

Fonte:
O texto foi originalmente publicado no site da Associação Brasileira dos Amigos de Santiago (www.caminhodesantiago.org.br) e você pode baixar o arquivo acessando o site ou clicando aqui.

Sobre Tacio Renato Pizzi Caputo
Sou uma pessoa comum como tantas outras, que tem um emprego fixo e e uma enorme alegria de viver e de experimentar novos desafios E foi isso que me levou a descobrir os Caminhos que levam o peregrino até Santiago de Compostela, e ao voltar resolvi escrever as experiências vividas.