Um música para lembrar da Maria
8 de setembro de 2016
Caminho antropométrico
18 de setembro de 2016
Exibir tudo

Quarqué caminho sai na venda

Em julho de 2002 pouco antes de iniciarmos a caminhada inaugural do Caminho do Sol, a TV GLOBO  nos procurou para fazer uma matéria e conhecer alguns pontos por onde passariam os peregrinos conduzindo a imagem de Santiago que havia chegado da Espanha e encontrava-se exposta na igreja Matriz de Santana de Parnaíba.

Conversando com a produção sobre a pauta da matéria, comentei que tinha alterado um trecho do percurso, para que a rota do Caminho do Sol pudesse passar em um armazém, cuja construção deveria ser próxima ao ano de 1900 e se encontrava totalmente preservada.

A produtora aceitou minha sugestão e incluiu na pauta uma visita ao Armazém do Limoeiro.

Para nossa sorte e brilho da matéria fomos recebidos por ninguém menos, que Dona Lalá e Clemente Nunes, empenhados nos trabalhos finais para reabri-lo, depois de anos que permanecera fechado.

Ouvir a história do Armazém do Limoeiro contada com a emoção de quem a escreveu e dela participou – sem dúvida foi a primeira experiência inesquecível que este Caminho me proporcionou.

Enquanto mostrava as fotos e manuseava os livros – todos manuscritos a bico de pena e com invejável caligrafia – por vários vezes Clemente mergulhou no túnel do tempo – agora iluminado pelo brilho do seu olhar.

Mas Lalá afagou os nosso corações, quando definiu sua Missão e nos revelou a verdadeira alma deste fantástico Armazém.

Portador de uma curiosidade distraída, o repórter indagou se em função de sua localização rural, ela tinha dificuldade em abastecer as despensas dos seus clientes. Dona Lalá deixou-se ficar e com um olhar de quem subtraiu o amor do mundo para si, traduziu com palavras de veludo, o sentimento que emanava do seu coração:

_ Às vezes pode faltar um ou outro item, mas – mais que abastecer suas despensas, nos ocupamos de abastecê-los com nosso Amor. Que venham os peregrinos, aqui encontrarão acolhimento e carinho, recheados com o melhor sanduíche de mortadela que já comeram.

Quarqué caminho sai na venda“, porque todos são sinalizados pela ternura, afeto, simpatia e o carisma que emanam do seu desta fantástica família Clemente Nunes.

Fonte:
Revista Inspiraste-se Fazenda Limoeiro da Concórdia (Download da Revista)
5 Edição – Ano 2 – Agosto/2016

 

Veja também

José Palma
José Palma
José Palma, pisciano — nasceu no dia oito de março de 1950 — descobriu que fraternidade era muito mais que uma palavra quando em 1996, realizou o Caminho de Santiago. Empresário, resolveu mudar sua vida após retornar de seu Caminho. Simplificar a rotina e aliviar o peso de sua mochila — uma mudança fácil de planejar e complexa de se executar. Idealizou o Caminho do Sol e desde sua inauguração, dedica-se integralmente ao Caminho e caminhantes. Nesta simbiose, vive intensamente as experiências e o aprendizado de cada peregrino. Continuar sonhando sonhos impossíveis e um dia conseguir tocar o inacessível chão, fazem parte de sua luta, onde a regra é não ceder e sim fazer do “Amor um Vencedor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *