Dizem que a maioria dos livros sobre o Caminho de Santiago são diários e ao ler um deles você já leu todos. Não sei se isso é verdade ainda, mas voltamos a falar sobre isso depois.

A verdade é que ao começar a ler não consegui parar. Gostei bastante da forma como o jornalista Sérgio Reis descreve os 30 dias de peregrinação até Santiago de Compostela: a caminhada, a paisagem, as pessoas que encontrou ao longo do Caminho e nos refúgios onde pernoitou, os acontecimentos e as situações que o levaram a refletir sobre a simbologia do Caminho e de cada coisa que acontece ao longo dessa verdadeira jornada ao auto-conhecimento.

Caminho de Santiago - Uma Peregrinação ao Campo das Estrelas

Em alguns momentos me senti caminhando junto com o autor que conta com detalhes como foi andar por 30 dias ao lado de pessoas que não conhecia vivendo uma jornada fora do seu lugar-comum.

Você vai encontrar uma série de referências importantes, informações sobre a peregrinação, mas, sobretudo, terá diante de si as palavras de um ser humano enriquecido pela jornada e senhor de uma certeza: a de que o Caminho de Santiago equivale à própria vida; cada experiência – a sede, um terreno acidentado, uma acolhida carinhosa, um cão feroz à espreita, uma paisagem belíssima – traz um ensinamento e leva a uma reflexão fundamental.

Sobre o autor:  Sérgio Reis é jornalista e já atuou em veículos noticiosos de rádio e TV e atualmente é professor de radialismo na Fundação Educacional Padre Landell de Moura e apresentador na Rede Vida de Televisão. Também é autor da obra Making Off – Histórias bem humoradas dos primeiros anos do rádio e da TV.

Referências Bibliográficas: O caminho de Santiago: Uma Peregrinação ao Campo das Estrelas (Porto Alegre: Artes e Ofícios Editora, 2008. 224 páginas).