General Sun Tzu
1 de outubro de 2016
O que é o ano jacobeu?
9 de outubro de 2016
Exibir tudo

Dicas para caminhar com conforto e segurança:

Confira 7 dicas para caminhar com conforto e segurança:

  1. Não comece a caminhar sem antes gastar cinco minutos fazendo um pequeno alongamento/aquecimento muscular.
  1. Inicie sua caminhada diária de forma suave e pausada. Fatores como idade alimentação, peso corporal, peso da mochila, etc…..precisam ser  Nos primeiros dias procure não caminhar muito rápido ou  percorrer etapas muito longas. Acelerando o passo, tente manter uma marcha  contínua e ritmada entre uma parada e outra. Vá aos poucos aumentando a  distância.
  1. É aconselhável parar para descanso pelo menos 10 minutos a cada hora ou duas, e até mais se for necessário. Este período, quando respeitado,  trará como resultado uma boa recuperação. Tire o calçado…deixe seu pé  respirar, coloque-os para cima…aproveite para ver a paisagem ao redor.
  1. Apóie por completo a planta do pé no chão, mesmo que uma bolha atrapalhe este procedimento, não pise torto, Certamente vai ser  Sobrecarregar determinadas zonas da planta do pé facilita a ocorrência de tendinites e outros problemas de ordem física. Em  terreno plano, siga seu passo normal pisando com firmeza. Nas subidas não  deixe a mochila muito apertada para que sua respiração possa fluir com  naturalidade. Seus passos certamente serão mais curtos, mas exageros  podem tornar o trecho mais cansativo do que realmente é.
  1. Cuidado com as descidas. Existe um ditado popular que “para baixo todo santo ajuda”. Para longas caminhadas está afirmação não serve. É justamente nas descidas que você estará mais propenso a sofrer algum tipo de queda ou torção. O andar torna-se mais rápido e os passos mais longos o que significa que a atenção precisa ser redobrada. Apóie primeiro o calcanhar no chão e nunca a parte da frente do pé. Assegure-se de que sua  mochila está bem presa na cintura para que seus ombros não fiquem
  1. Olhe bem onde você está colocando seus pés. Dê um passo atrás do outro, sem descuidar de nenhum. Um passo mal dado pode ocasionar uma queda  ou lesão que o obrigue a abandonar o Caminho. Quando enfrentar  terrenos acidentados, com desníveis e pedras soltas, fique mais atento ao  pisar no solo.
  1. Ao caminhar com alguém que tenha o passo mais ou menos rápido que o seu, de forma alguma procure acompanhá-lo. Caminhando fora do seu ritmo natural, em apenas algumas horas você estará completamente esgotado. Ao invés disso, marque lugares específicos para reencontrar seus companheiros  ao longo do Caminho.

E não esqueça nunca destas recomendações de segurança:  Se for caminhar pela carreteiras (estradas) caminhe sempre pelo  acostamento e do lado esquerdo em fila indiana;  Evite criar grupos e aglomerados nas rodovias.

Fonte:
O texto foi originalmente publicado no site da Associação Brasileira dos Amigos de Santiago (www.caminhodesantiago.org.br) e você pode baixar o arquivo acessando o site ou clicando aqui.

Sobre Tacio Renato Pizzi Caputo
Sou uma pessoa comum como tantas outras, que tem um emprego fixo e e uma enorme alegria de viver e de experimentar novos desafios E foi isso que me levou a descobrir os Caminhos que levam o peregrino até Santiago de Compostela, e ao voltar resolvi escrever as experiências vividas.

Onze Dias
Onze Dias
Onze Dias pelo Caminho do Sol. 241 quilômetros entre Santana do Parnaíba e Águas de São Pedro, no interior de São Paulo. A viagem de três amigos pelo Caminho do Sol deu origem a uma plataforma multimídia estruturada inicialmente na internet, com site e redes sociais, que contará com a publicação de um livro detalhando a peregrinação e servindo de inspiração e guia para pessoas que pretendam percorrer o Caminho do Sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *