Calças e Bermudas & Calças-bermuda:

São Boaventura
21 de maio de 2016
O caminho de Alice
4 de junho de 2016
Exibir tudo

Calças e Bermudas & Calças-bermuda:

Para dias quentes e ensolarados, nada melhor que usar uma bermuda, mas o terreno no caminho nem sempre é só de flores e frutos.

Você vai encontrar arbustos com espinhos, capim e galhos secos. Então, é melhor sofrer um pouco com o calor e deixar as pernas livres de arranhões.

Existem materiais preferidos atualmente: o “tactel” e o “supplex”. Os dois são basicamente a mesma coisa, porém o supplex é mais resistente que o tactel. Por serem leves, de secagem rápida e ocupar pouco volume nas mochilas, se tornaram os mais adequados para os peregrinos.

Uma forma prática é adquirir a calça-bermuda. Assim você estará resolvendo dois problemas.

Em trechos abertos e ensolarados é só correr com o zíper que a sua calça se transformará em uma bermuda e, rapidamente você estará bem confortável.

Fonte:
O texto foi originalmente publicado no site da Associação Brasileira dos Amigos de Santiago (www.caminhodesantiago.org.br) e você pode baixar o arquivo acessando o site ou clicando aqui.

Sobre Tacio Renato Pizzi Caputo
Sou uma pessoa comum como tantas outras, que tem um emprego fixo e e uma enorme alegria de viver e de experimentar novos desafios E foi isso que me levou a descobrir os Caminhos que levam o peregrino até Santiago de Compostela, e ao voltar resolvi escrever as experiências vividas.

Onze Dias
Onze Dias
Onze Dias pelo Caminho do Sol. 241 quilômetros entre Santana do Parnaíba e Águas de São Pedro, no interior de São Paulo. A viagem de três amigos pelo Caminho do Sol deu origem a uma plataforma multimídia estruturada inicialmente na internet, com site e redes sociais, que contará com a publicação de um livro detalhando a peregrinação e servindo de inspiração e guia para pessoas que pretendam percorrer o Caminho do Sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *